Anuncie Aqui

Especiais

SAFRA DE GRÃOS DO NORDESTE RUMO AO CRESCIMENTO RECORDE

BRASÍLIA (Agência Prodetec) - A safra de grãos do Nordeste 2016/2017 vai aumentar 70,6% sobre a anterior. Trata-se do maior nível de crescimento entre as grandes regiões brasileiras. De acordo com o último levantamento da Conab, o total deve alcançar 16,7 milhões de toneladas para uma área de 7,7 milhões de hectares plantados.

A nova estimativa da Conab para a safra nacional soma 219,1 milhões de toneladas, com aumento de 17,4% sobre a obtida em 2015/2016. A safra do Norte deve avançar 24,4% contra 25,6% do Centro-Oeste, 12,8% do Sudeste e 2,9% do Sul.

O levantamento, realizado em fevereiro, abrange os seguintes produtos: caroço de algodão, amendoim, arroz, aveia, canola, centeio, cevada, feijão, girassol, mamona, milho, soja, sorgo, trigo e triticale.

Leia
 
TCU MANDA SUSPENDER OBRAS DA FERROVIA TRANSNORDESTINA

O projeto se arrasta há mais de dez anos e não tem prazo previsto para sua finalização, nada obstante reiterados anúncios nesse sentido pelos governos de plantão. O último informava a conclusão para este ano. Até aqui a ferrovia Transnordestina já consumiu R$ 6,3 bilhões, preços nominais, e a previsão é de que esse custo alcance mais de R$ 10 bilhões.

prodetec-64-13-02-1

AGÊNCIA PRODETEC ΩΩΩ [FEVEREIRO 2017]

Brasília (Agência Prodetec) - O plenário do Tribunal de Contas da União aprovou o acórdão Nº 67/2017 e determinou a suspensão imediata de todo e qualquer repasse de recursos para o prosseguimento das obras de construção da ferrovia Transnordestina (Malha II) ou para a respectiva concessionária.

Leia
 
NORDESTE: A META DE TEMER DE SER O MAIOR PRESIDENTE DOS NORDESTINOS

Trata-se de um desejo de difícil concretização com o que ele se apresentou na região: um discurso antigo e repetitivo, além de uma política assistencialista superada, caracterizada no século passado pela execução de pequenas obras voltadas para o combate à seca.

José FIJJO mesquita para a agência prodetec ππ [dEZ. 2016]

Em visita a Alagoas semana passada, onde anunciou recursos de R$ 0,75 bilhão para execução de projetos em diversos estados da região, o presidente Temer assegurou prioridade de seu governo ao Nordeste e com base nisso manifestou esperança de ser lembrado, no final do mandato, como "o maior presidente nordestino que passou pelo do Brasil", embora natural do interior paulista. Objetivos e intenções nem chegam a ser originais, pois na campanha presidencial de 2014 Aécio Neves avisava que a região seria prioridade absoluta e que ele seria lembrado, caso eleito, "como o melhor presidente do Nordeste brasileiro''.

Na verdade, trata-se de um discurso antigo já praticado por mandatários das mais diferentes épocas e origens.

Leia
 
A INVISIBLIDADE DO BABAÇU NA ECONOMIA MARANHENSE

prodetec-jan-17

Nas minhas magras veias/o que corre não é/
sangue azul/nem vermelho/é puro leite/é puro azeite/ de
babaçu.
Lília Diniz, poetisa.

A cadeia produtiva do babaçu parece invisível no cenário econômico atual do Maranhão, dominado pelos cifrões da pecuária e dos dólares das exportações de commodities. A irrelevância de hoje contrasta com a situação do século passado, quando, ao longo de mais de 50 anos, o babaçu desempenhou papel importante para economia do Estado em termos de geração de divisas, impostos, emprego e renda a milhares de famílias, e de transferência do seu excedente às diferentes parcelas do capital envolvido na sua produção, comercialização e processamento.

Essa informação, por si mesma, já justificaria mais reflexões sobre a economia do babaçu no Estado, sua importância socioeconômica e ambiental, como se organiza, área de produção predominante, os elos da cadeia produtiva e o papel desempenhado pelos agentes que a integram.

Leia
 
APESAR DA SECA FRUTICULTURA DO NORDESTE MANTEM CRESCIMENTO

Os cinco anos seguidos de seca no Nordeste e a consequencia escassez de água para suprir os perímetros de irrigação começaram a afetar a fruticultura regional. Prova disso é a pequena expansão ocorrida na atividade na safra de 2015, conforme mostram os dados coletados pelo IBGE na pesquisa Produção Agrícola Municipal. O crescimento foi de apenas 2,4%, mas o município de Petrolina (PE) não perdeu a posição de maior polo da fruticultura nacional.

Jose Fijjo Mesquita
prodetec-08-11-16-7
Melancia no Vale do São Francisco

JOSE FIJJO MESQUITA -- Agência Prodetec ΩΩΩΩ Outubro 2016.

Leia
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 15

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.