Anuncie Aqui

Conjuntura

NO NORDESTE, CRÉDITO DECRESCE E INADIMPLÊNCIA AUMENTA EM MARÇO

Brasília (Agência Prodetec) - O saldo das operações de crédito do sistema financeiro do Nordeste atingiu R$ 402.292 milhões no final de março último.

Conforme dados pelo Banco Central, esse volume é 0,3% inferior ao do mês anterior (R$ 403.539 milhões) e 0,6% menor que o registrado no final do ano passado. Salvo pelo Sul, onde o saldo das operações manteve-se estável, a queda mensal no Nordeste foi a menor que no Sudeste (0,8%), Norte (0,6%) e Centro-Oeste (0,5%).

O desempenho regional se apresentou também melhor que o do país como um todo que teve uma retração de 0,7% no mês e de 3,3% em 12 meses. O total das operações no sistema financeiro nacional alcançou R$3.161 bilhões em março, com declínio de 1,6% no crédito a pessoas jurídicas (saldo de R$1.640 bilhões), e elevação de 0,3% na carteira de pessoas físicas (R$1.520 bilhões).

Leia
 
IBGE ELEVA EM 15% ESTIMATIVA DE SAFRA DE CAFÉ DO NORDESTE

Rio de Janeiro (Agência Prodetec) - Ao contrário da projeção para o Brasil como um todo, que apresentou variação de apenas 0,9%, a produção de café do Nordeste, este ano, pode ter alta de 15% em relação à estimativa de março.

No acumulado anual, o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do IBGE para o mês de abril indica uma safra de 226,8 mil toneladas para o Nordeste, aumento de 2,9% na comparação com a anterior (220,4 mil toneladas).

Em âmbito nacional, prevê-se 3.011 mil toneladas quase 14% maior que a safra obtida em 2015.

Leia
 
CRÉDITO NO NORDESTE SE CONCENTRA MAIS NO SEGMENTO PESSOAS FÍSICAS

Brasília (Agência Prodetec) – Ao contrário do agregado nacional, na região Nordeste o crédito às pessoas físicas suplanta a carteira de pessoas jurídicas.

Do saldo de R$ 402.292 milhões no final de março último, R$ 235.176 milhões referem-se à participação das pessoas físicas, variação de R$ 827 milhões ante o saldo de fevereiro (R$ 234.349 milhões). O restante (R$ 167.147 milhões) se refere ao crédito direcionado para as pessoas jurídicas. No caso das empresas, houve uma queda de 1,2% relativamente a fevereiro.

O segmento de pessoas físicas, ao contrário, teve uma melhoria de 0,3%. Em âmbito nacional, segundo o Bacen, as operações com PJs declinaram 1,6%, para R$1.640 bilhões, enquanto o saldo com pessoas físicas ficou em R$1.520 bilhões, com expansão de 0,3%. Em relação ao saldo nacional, a participação nordestina ficou em torno de 12,7%, percentual que se aproxima da participação do Nordeste no Produto Interno Bruto do país.

Leia
 
AGRICULTURA. BAHIA INFLUENCIA RECUO DA PRODUÇÃO NACIONAL DE ALGODÃO

Rio de Janeiro (Agência Prodetec) – Segundo maior produtor de algodão herbáceo do país, o estado da Bahia deve influenciar negativamente a safra nacional do produto, este ano, na qual se observa queda 11,5% ou 470,5 mil toneladas, em relação a 2015.

A estimativa partiu dos técnicos do IBGE no último Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, para quem o desempenho ruim decorre da seca que assolou as regiões produtoras da Bahia e atingiu a produtividade da cultura, que retrocedeu 19,2%, para 2.908 quilos por hectare.

De acordo com a LSPA, as estimativas das áreas plantada e colhida no estado também foram afetadas, com diminuição de 11,3% em ambos os casos.

Leia
 
AGRICULTURA. PRODUÇÃO DE MILHO SUPERA A DE SOJA NO NORDESTE

Rio de Janeiro (Agência Prodetec) – Depois de muitos anos, a produção de milho do Nordeste ultrapassou a de soja. Isso decorre da expectativa de queda de 23,9% na safra da soja e do aumento de 21,6% na de milho. As estimativas constam do último Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), realizado mensalmente pelo IBGE.

De acordo com o trabalho, a sojicultura mantém a liderança em termos de área colhida, com 2,8 milhões de hectares semeados, ante 2,6 milhões de hectares do milho. Contudo, a safra prevista para este grão deve alcançar 7,3 milhões de toneladas ante 6,4 milhões de toneladas de soja.

Leia
 
AGRICULTURA. MILHO E FEIJÃO BARRAM QUEDA MAIOR DA SAFRA DE GRÃOS DO NORDESTE

Rio de Janeiro (Agência Prodetec) – De acordo com os dados divulgados pelo IBGE, esta semana, a safra de grãos do Nordeste de 2016 deve registrar queda de 4,7% em relação à do ano passado, totalizando 15,8 milhões de toneladas ante 16,6 milhões de toneladas anteriormente.

Fortemente influenciada pelo retrocesso ocorrido no cultivo da soja, esse desempenho só não foi pior em virtude da recuperação de duas outras culturas tradicionais no Nordeste: feijão, com aumento de 31,3% sobre a safra de 2015; e milho, com acréscimo de 21,6% na mesma base comparativa.

A produção nordestina de algodão em caroço também impactou negativamente no volume da safra da região. Na comparação com 2016, a estimativa dos técnicos é de um recuo de 27,9% n safra algodoeira.

Leia
 
ESTADOS DO NORDESTE PERDEM 139 MIL EMPREGOS FORMAIS EM 2016

Brasília (Agência Prodetec) – Os dados divulgados ontem (29) pelo CAGED revelam que em termos relativos o Nordeste apresentou o maior recuo no nível de emprego formal entre as grandes regiões brasileiras. A redução no acumulado do ano alcançou 2,11% contra -1,56% no Norte, -0,87% no Sudeste e taxas positivas de 0,31% e 0,23% no Sul e Centro-Oeste.

O Nordeste registrou a segunda maior perda de postos de trabalho entre janeiro e março, com 139 mil admissões a menos. O contingente de admitidos no período alcançou 506,2 mil ante 645,3 mil demissões. O maior recuo observou-se na região Sudeste (- 181,1 mil postos).

Leia
 
NORDESTE IMÓVEIS. BAIXA DE PREÇOS EM SALVADOR, RECIFE E FORTALEZA

São Paulo (Agência Prodetec) – A última pesquisa FipeZap registra baixa nos preços de apartamentos durante o primeiro trimestre nas cidades de Fortaleza (-0,66%), Salvador (-0,98%) e Recife (-097%). No confronto com o mês anterior, o índice FipeZap de março acusou queda nas capitais cearense (0,80%) e pernambucana (0,425) e uma leve variação positiva em Salvador (0,11%).

De acordo com a pesquisa, considerado o acumulado em 12 meses, Fortaleza experimentou o melhor desempenho entre as cidades nordestinas, com alta de 4,36%, a quarta maior do país depois de Santo André (5,54%), Florianópolis (9,50%) e Vitória (4,97%).

Em Salvador, a variação foi positiva (0,94%) enquanto em Recife foi negativa (0,82%). O indicador nacional em 12 meses (0,53%) comportou-se muito aquém da inflação do período (9,50%).

Leia
 
NORDESTE FINANÇAS. ARRECADAÇÃO FEDERAL SEGUE LADEIRA ABAIXO

Brasília (Agência Prodetec) – A arrecadação federal nos estados do Nordeste somou cerca de R$ 4.157 milhões em março último ante R$ 4.090 milhões no mês anterior. A queda reforça o panorama de declínio observado desde o ano passado, quando se intensificaram as dificuldades no cenário econômico do país.

No acumulado janeiro-março, a arrecadação de impostos nos nove estados nordestinos alcançou cerca de R$ 14 bilhões, com trajetória descendente no comparativo com o mesmo período de 2015.

Esse total refere-se aos impostos (sobre produtos industriais, renda, importação, exportação, IOF, Cofins, ITR, CSLL, PIS/PASEP e CID, entre outras receitas), excluindo, entretanto, as receitas previdenciárias.

Leia
 
FUNDOS SIGILOSOS: MINISTRO RESTRINGE ACESSO A PROCEDIMENTOS DO FINOR E FINAM

Brasília (Agência Prodetec) - Antes de se despedir do cargo, o ministro da Integração Nacional baixou uma portaria tornando reservada uma série de procedimentos no âmbito de projetos beneficiários de incentivos dos fundos regionais Finor e Finam, administrados pela Sudene e Sudam, respectivamente.

A iniciativa do sr. Gilberto Occhi impõe sigilo por cinco anos a informações relativas a projetos beneficiados pelos dois Fundos, compreendendo, entre outros, processos destinados a apurar irregularidades, já executados ou em andamento; ações de campo (acompanhamento, fiscalização e inspeção), reformulação de projetos e liberação de recursos, assim como procedimentos relacionados com a emissão do CEI (Certificado de Execução do Investimento).

Leia
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 36

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.