Anuncie Aqui

Especiais

Uma agenda de ação para o Nordeste brasileiro

A partir do debate em torno dos problemas do Nordeste, a Agência Prodetec compilou dezenas de sugestões de intervenção para ampliar o processo de desenvolvimento regional.

Uma constatação básica e unânime das discussões é que o Nordeste carece de uma política estratégica de consenso suficientemente robusta e orgânica, que possa romper o hiato desenvolvimentista que separa a região da parte mais rica do Brasil.

Leia
 
China ocupa mais espaço na pauta do comércio externo nordestino

Em pouco mais de cinco anos da década passada, a China passou da condição de desconhecido para a de quarto maior parceiro comercial dos nordestinos. Inicialmente, como comprador de produtos brasileiros. Agora, também como fornecedor por conta da apreciação do real e do crescimento da demanda doméstica brasileira. Em 2007, a China já respondia por 7% do comércio externo da Região.

Grandes produtores de bens intermediários, setor em que a demanda chinesa avançou bastante nos últimos anos, Bahia e Maranhão concentraram a maior proporção das vendas para a China, 96% do total. Do lado das compras, Bahia, Ceará, Paraíba e Pernambuco juntos responderam por 93% do montante das transações em 2007.

Leia
 
Royalties, disparidades e concentração de riqueza

Governos e lideranças dos estados "produtores de petróleo", sobretudo Rio e Espírito Santo, voltam a se mobilizar em defesa do naco – gordo, registre-se -- que possuem no bolo dos royalties. É um direito que lhes assiste a defesa do status quo. O descabido é lançar mão do egoísmo exacerbado como querem alguns, rejeitando a tese de dividir um pouco a riqueza com os que têm menos. Líderes fluminenses não escondem a irritação com a possível mudança nas regras, esquecendo que poderiam pensar com mais generosidade nos demais estados não produtores.

Leia
 
Nordeste cobra mais apoio à ciência e tecnologia

Estados nordestinos estão preocupados com a área de ciência e tecnologia e mobilização de mais recursos para o setor

Enquanto perdurar o fosso entre regiões pobres e ricas do País os critérios de aplicação dos recursos destinados ao setor de C&T não podem ser uniformes e sim diferenciados. Do contrário, as áreas mais frágeis economicamente acabam mais prejudicadas. Os recursos tampouco deveriam ser contingenciados. Esse é o entendimento colhido pela reportagem em muitos Estados nordestinos, alguns deles já com leis e conselhos específicos de fomento às atividades de ciência e tecnologia.

Leia
 
O Nordeste e a constituinte, vinte anos de conquistas

O testemunho do jornalista Ribamar Mesquita (*) sobre a luta do Nordeste durante a Constituinte para garantir importantes conquistas para o desenvolvimento das regiões pobres

Vamos votar! Vamos votar! Com esse bordão convocatório aí por volta das 15 horas, o deputado paulista Ulisses Guimarães exortava seus colegas a votar a pauta do dia e construir aquela que mais tarde ele batizaria de Carta Cidadã. Perto dali, ora no Comitê de Imprensa, atrás da mesa dos trabalhos, ora no gabinete do vice-presidente da Assembléia Nacional Constituinte, senador Mauro Benevides, no velho Anexo 1 da Câmara, a gente acompanhava, ouvidos atentos ao sistema de som, o desenrolar das votações, anotando os mínimos detalhes das questões direta e indiretamente de interesse do Nordeste e do BNB, em particular.

Leia
 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 Próximo > Fim >>

Página 13 de 15

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.