Anuncie Aqui

NORDESTE PERMANECE COMO LíDER NA PRODUÇÃO DE CAMARÃO NO PAÍS

Rio de Janeiro (Agência Prodetec) – A última pesquisa do IBGE sobre o desempenho da pecuária nos municípios mostra que a carcinicultura brasileira continua extremamente concentrada no Nordeste. A região respondeu por 99,3% de toda a produção do setor no país, o equivalente a 65.018 toneladas, aumento de 0,5% sobre a registrada em 2013 (64.669 toneladas).

Em termos de valores, a variação foi um pouco maior. A produção nacional de camarão proveniente dos viveiros totalizou R$ 793.567 mil em 2014 ante R$ 765.014 mil no ano anterior, acréscimo de 3,7%. Com a incorporação da renda proveniente da produção de larvas e pós-larvas, o segmento faturou R$ 896,7 milhões no ano passado (R$ 841,2 milhões em 2013).

Os destaques foram para os estados do Ceará e Rio Grande do Norte. De acordo com o estudo do IBGE, a safra dos produtores cearenses alcançou 35,4 mil toneladas no final de 2014 contra 18,3 mil toneladas dos norte-rio-grandenses. Os dois estados, juntos, participaram com 82,6% da produção nacional de camarão criado em viveiros.

CARCINICULTURA DO NORDESTE. PRODUÇÃO E VALOR EM 2014

ESTADOS

PRODUÇÃO (toneladas)

VALOR EM R$ 1.000,00

Maranhão

  55

  645

Piauí

 3 666

 47 653

Ceará

 35 392

 394 138

Rio Grande do Norte

 18 286

 259 450

Paraíba

  933

 12 104

Pernambuco

  959

 14 569

Alagoas

  260

 3 562

Sergipe

 2 248

 24 084

Bahia

 2 785

 29 481

Fonte: IBGE/PPM 2014. Elaboração Agência Prodetec.

Municípios

O município cearense de Aracati, localizado no litoral leste, a cerca de 150 km de Fortaleza, é o maior polo da carcinicultura nacional, com produção de 8,8 mil toneladas, em 2014.

Segundo a pesquisa do IBGE, do ranking dos dez maiores municípios produtores de camarão do Brasil, as primeiras posições são ocupadas por Aracati, Beberibe, Acaraú e Jaguaruana, todos do Ceará; seguindo-se Mossoró e Canguaretama, no Rio Grande do Norte; Fortim (CE), Camocim (CE), Cajueiro da Praia (PI) e Senador Georgino Avelino (RN).

A tabela abaixo indica os municípios com produção acima de 200 toneladas de camarão, em 2014, conforme o IBGE.

Município                                    Produção (t)       Part.% relativa

Aracati - CE

  8 824

   13,6

Beberibe - CE

  4 289

   6,6

Acaraú - CE

  3 830

   5,9

Jaguaruana - CE

  3 799

   5,8

Mossoró - RN

  3 190

   4,9

Canguaretama - RN

  2 950

   4,5

Fortim - CE

  2 734

   4,2

Camocim - CE

  2 685

   4,1

Cajueiro da Praia - PI

  2 287

   3,5

Senador Georgino Avelino - RN

  2 000

   3,1

Amontada - CE

  1 789

   2,8

Nísia Floresta - RN

  1 700

   2,6

Tibau do Sul - RN

  1 500

   2,3

Luís Correia - PI

  1 379

   2,1

Cascavel - CE

  1 369

   2,1

Valença - BA

  1 325

   2,0

Paraipaba - CE

  1 310

   2,0

Pendências - RN

  1 000

   1,5

Arês - RN

  1 000

   1,5

Guamaré - RN

   956

   1,5

São Bento do Norte - RN

   750

   1,2

Barroquinha - CE

   718

   1,1

Icapuí - CE

   699

   1,1

Paracuru - CE

   679

   1,0

Salinas da Margarida - BA

   663

   1,0

Macau - RN

   635

   1,0

Granja - CE

   625

   1,0

Itarema - CE

   623

   1,0

Brejo Grande - SE

   495

   0,8

Trairi - CE

   474

   0,7

Canavieiras - BA

   468

   0,7

Nossa Senhora do Socorro - SE

   454

   0,7

São Gonçalo do Amarante - RN

   454

   0,7

Recife - PE

   370

   0,6

São Cristóvão - SE

   350

   0,5

Itaiçaba - CE

   298

   0,5

Jaguaribe - CE

   285

   0,4

Goianinha - RN

   260

   0,4

Maragogi - AL

   260

   0,4

Jaguaripe - BA

   250

   0,4

Indiaroba - SE

   240

   0,4

Taipu - RN

   228

   0,4

São José de Mipibu - RN

   210

   0,3

Galinhos - RN

   207

   0,3

Vila Flor - RN

   200

   0,3

Marcação - PB

   200

   0,3

 

Fonte: IBGE-PPM 2014.

Voltar

 

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.