Anuncie Aqui

NORDESTE REGISTRA PEQUENA QUEDA NO TOTAL DE QUEIMADAS ATÉ AGOSTO

São Paulo (Agência Prodetec) – O número de focos de queimadas nos estados do Nordeste entre janeiro e agosto deste ano guarda similaridade com o observado no mesmo período de 2014. Na posição do final de agosto, o total ficou em 16.026 contra 16.155 no mesmo intervalo do ano passado.

De acordo com o INPE, as maiores ocorrências de incêndios foram registradas em municípios maranhenses e piauienses. Nesses dois estados, que compreende o chamado Meio Norte, os focos somaram 12,3 mil. Isoladamente, o Maranhão respondeu por mais da metade de todos os incêndios ocorridos no Nordeste.

Em relação ao período janeiro e agosto de 2014, apenas Maranhão, Piauí e Paraíba conseguiram reduzir o número de incêndios. Nos demais, houve crescimento com destaque para o estado da Bahia, onde o avanço foi de mais representativo em termos absolutos. A menor incidência de incêndios verificou-se nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte.

FOCOS NO NORDESTE NO PERÍODO JANEIRO-AGOSTO 2015

ESTADOS

FOCOS EM 2014

FOCOS EM 2015

VAR.(%)

Maranhão

8.981

8.970

- 11

Piauí

4.197

3.349

-848

Ceará

368

451

83

Rio Grande do Norte

77

95

18

Paraíba

148

89

-59

Pernambuco

211

283

72

Alagoas

134

245

189

Sergipe

79

182

103

Bahia

1960

2.362

402

Nordeste Total

16.155

16.026

-129

Fonte: INPE. Elaboração Agência Prodetec.

El Niño

Um estudo recente realizado com base em metodologia elaborada por cientistas da NASA e da Universidade da Califórnia indica risco de aumento das queimadas na região Nordeste e na parte oriental da Amazônia, em consequência do El Niño, fenômeno associado à elevação da temperatura das águas superficiais do oceano Pacífico.

Conforme o trabalho, Maranhão, que abrange parte da Amazônia Legal e parte do Nordeste, é o estado com maior risco de queimadas este ano ao lado de Mato Grosso e Pará são os estados brasileiros.

Os riscos de incêndios no Nordeste se acentuam com a continuidade da seca na região. O menor nível das precipitações impacta diretamente na redução do volume de águas subterrâneas na região.

Postada em 15 set.2015.

Voltar

 

NO NORDESTE, PREÇOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL POUCO VARIAM EM OUTUBRO

Agência Prodetec – Brasília – 01 dezembro 2017. O Índice Nacional da Construção Civil apurado pelo IBGE PI) em outubro apresentou...

PIB DO NORDESTE PERMANECE CONCENTRADO EM 4 ESTADOS

Agência Prodetec - Rio de Janeiro – 01 dezembro 2017. Dados das Contas Regionais relativas a 2015, divulgados pelo Instituto Brasileiro...

SALDO DE CRÉDITO DO NORDESTE CONTINUA A CAIR, EM OUTUBRO

Agência Prodetec – Brasília – 01 dezembro 2017. O saldo de empréstimos do sistema financeiro do Nordeste alcançou R$ 396 bilhões...

Estudos e Pesquisas

PIB DO NORDESTE CRESCE ENTRE 2002 E 2015, MAS PERMANECE DISTANTE DAS REGIÔES MAIS RICAS

Crescimento do PIB foi negativo em 2015 para todos os estados brasileiros, mas a participação do Nordeste no agregado nacional melhorou, de 13,9% para 14,2%, ainda muito longe da representatividade do Sudeste que responde por 54% do PIB do país. Agência Prodetec - Rio de Janeiro – 01 dezembro 2017. O estudo "Contas Regionais do Brasil 2002-2015" divulgado pelo IBGE mostra que...

ESTUDO MOSTRA CEARÁ E MARANHÃO COM A MELHOR SITUAÇÃO FISCAL DO PAÍS, EM 2016.

Uma análise realizada por pesquisadores cariocas indica que estados pobres como Ceará e Maranhão apresentam situação fiscal bem melhor que os chamados estados ricos, com desempenho superior em aspectos como dívida, despesa com pessoal, disponibilidade de caixa e investimentos. AGÊNCIA PRODETEC ΩΩ [ABRIL 2017] Rio de Janeiro – A situação fiscal da maioria dos estados do Nordeste é melhor que a apresentada...

Veja também

GOVERNO FEDERAL SE APROPRIA DE RECURSOS DO FNE PARA FINANCIAR BOLSAS DE ESTUDOS

A proposta para o próximo ano prevê aplicações no montante de R$ 23,9 bilhões e, além dos setores tradicionais, o...

EXPORTAÇÃO DE CAFÉ DO NORDESTE RECUOU EM 2017

Agência Prodetec - Rio de Janeiro – 01 dezembro 2017. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Comercio Exterior e Serviços...

VALOR DA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA (VBP) DO NORDESTE CHEGA A R$ 42,4 BILHÕES EM 2016

Brasília (Agência Prodetec) - De acordo com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Valor Bruto da Produção agropecuária...

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.