Anuncie Aqui

MadeInNordeste

DÉFICIT HISTÓRICO NA BALANÇA COMERCIAL

Brasília, 10 Jul.2013 (Agência Prodetec) – De acordo com dados preliminares do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o Nordeste teve um déficit histórico em sua balança comercial, em junho último: US$ 6.538 milhões. O total, semelhante ao do Sudeste (US$ 6.689 milhões), reflete o descompasso entre queda nas vendas e avanços nas compras.

O comportamento das dessas duas regiões afetou negativamente a balança comercial do país que fechou o semestre com um pequeno déficit (US$ 3,1 bilhões), resultado de importações da ordem de US$ 117,5 bilhões e exportações de US$ 114,4 bilhões.

Leia
 
NORDESTE LIDERA EXPORTAÇÃO DE UVA NO BRASIL

A cultura da uva no Nordeste avançou em termos de área cultivada (122%) e produção (83%) no intervalo entre os dois últimos censos agropecuários, ratificando a posição da região como maior exportador do produto no Brasil.

uva prod

Leia
 
NORDESTE EXPORTAÇÃO DE MEL CAIU 52% EM 2012

Fortaleza, 02 Mai.2013 (Agência Prodetec) – As exportações brasileiras de mel natural caíram de forma acentuada no ano passado, como consequência da seca que afetou a produção do Nordeste. Em relação a 2011, quando as vendas alcançaram US$ 70,8 milhões, a queda foi de aproximadamente um quarto, totalizando apenas US$ 52,3 milhões.

Em termos de quantidade, em 2012 foram exportadas 16,7 mil toneladas de mel ante 22,4 mil no ano anterior. No caso específico do Nordeste, a redução atingiu 52%, cerca de 5 mil toneladas.

Leia
 
NORDESTE: EXPORTAÇÃO DE OURO ALCANÇA US$ 295 MILHÕES EM 2012

Brasília, 30 Abr. 2013 (Agência Prodetec) - As exportações de ouro do Nordeste, este ano, já alcançaram US$ 63 milhões até o mês de março. No ano passado, as vendas regionais do produto totalizaram US$ 295,3 milhões, com queda de 7,5% sobre o ano anterior. Mesmo assim, manteve-se em 13º lugar no ranking da pauta regional. Foram negociados 5.495 kg, um pouco menos que em 2011 quando as exportações chegaram a US$ 319,4 milhões e 6.447 quilogramas.

Nos últimos dez anos, as vendas do produto apresentaram crescimento contínuo, galgando quase 30 posições na lista dos principais artigos exportados. Em 2003, o Nordeste vendia apenas US$ 33,4 milhões em ouro para o mercado internacional (2,8 mil quilos). Em 2011, foram US$ 320 milhões (6,4 mil quilos).

Leia
 
NORDESTE EXPORTAÇÃO: EM 2007, APENAS ALAGOAS REGISTRA QUEDA NAS VENDAS

Fortaleza, 28 Jul.2008 (Agência Prodetec) – Todos os estados nordestinos, exceto Alagoas, apresentaram crescimento em suas exportações durante 2007. Em relação a 2006, os destaques foram para Sergipe (83,2%), Maranhão (27,1%), Piauí (20%) e Ceará (19,4%). Maranhão, Ceará e Sergipe aumentaram suas participações no total da pauta da Região, enquanto Bahia, Alagoas e Rio Grande do Norte perderam posições relativas. Os demais estados da Região praticamente mantiveram suas participações.

Segundo dados do BNB/ETENE ( http://www.bnb.gov.br/projwebren/Exec/rce.aspx), no período de 2002 a 2005, a economia nordestina apresentou forte expansão de suas exportações, com taxas superiores às nacionais, excetuando-se o ano de 2004. Nos dois últimos anos, entretanto, essa expansão fixou abaixo da média nacional.

Leia
 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Próximo > Fim >>

Página 28 de 30

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.