Anuncie Aqui

MadeInNordeste

AGRICULTURA. ALGODÃO RECUPERA PRODUTIVIDADE NO NORDESTE

Brasília (Agência Prodetec) – Em seu primeiro levantamento para a safra do próximo ano, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indica que, existe uma grande expectativa em torno do crescimento da produtividade do algodão em caroço no Nordeste.

Esse rendimento deve atingir 2.303 quilos por hectare. Na comparação com a safra anterior, quando chegou aos 1.699 kg/ha, o avanço é da ordem de 42% no ano agrícola 2016/2017, o maior entre as grandes regiões brasileiras.

Em termos absolutos, no entanto, a produtividade esperada no Nordeste perde para o do Centro-Oeste (2.382 kg/ha), ficando, ainda, um pouco abaixo da média nacional (2.352 quilos por hectare).

Leia
 
NORDESTE. CRÉDITO NO CEARÁ E PARAÍBA SEGUE ESTÁVEL COM INADIMPLÊNCIA MENOR

Brasília (Agência Prodetec) ­ O movimento do crédito nos estados do Ceará e Paraíba segue praticamente estável nos últimos seis meses, enquanto a inadimplência em junho apresentou ligeiras quedas em relação a maio.

De acordo com dados do Banco Central do Brasil (Bacen), o saldo de empréstimos bancários no estado do Ceará fechou o semestre em R$ 64,6 bilhões, mesmo patamar registrado no final de dezembro de 2015 e no mês de maio.

O estoque de crédito cearense corresponde a terceira maior participação no Nordeste, depois de Pernambuco ( R$ 71,9 bilhões) e Bahia (R$ 109,7 bilhões). Na distribuição, as operações com as pessoas físicas (R$ 33,7 bilhões) prevalecem sobre as pessoas jurídicas (R$ 30,9 bilhões), posição de junho último.

Leia
 
NORDESTE. NO MARANHÃO, CRÉDITO CRESCE POUCO NO SEMESTRE E INADIMPLÊNCIA CAI

Brasília (Agência Prodetec) ­ O saldo das operações de crédito no Maranhão atingiu R$ 38.183 milhões no final de junho último, o equivalente a 9,5% do total regional de R$ 399.381 milhões. Conforme dados pelo Banco Central, esse volume é 0,2% superior ao de maio (R$ 38.138 milhões) e 0,9% maior que o registrado no final do ano passado.

A leve expansão do crédito se fez acompanhar de um pequeno declínio na taxa geral de inadimplência (definida pela proporção das operações em atraso superior a 90 dias sobre o valor total). Esse índice, que era de 4,77% em maio diminuiu para 4,50% em junho, mesmo assim ainda maior que a observada em dezembro de 2015 (4,34%). No Nordeste, decresceu de 4,62% para 4,37% contra 4,26% em dezembro.

Salvo pelo Piauí (­0,19%), Pernambuco (­0,96%) e Bahia (­0,98%), nos demais estados do Nordeste o estoque de crédito em junho manteve­se em alta em relação a maio.

Leia
 
NORDESTE. CRÉDITO NO SEMESTRE RECUA TAMBÉM EM PERNAMBUCO E NO PIAUÍ

Brasília (Agência Prodetec) – Além da Bahia, principal economia do Nordeste, o estoque total de crédito do sistema financeiro nordestino também fechou o primeiro semestre deste ano com quedas no Piauí e em Pernambuco, com repercussão no quadro global do Nordeste que registrou recuo de 0,37% sobre maio e operações no montante de R$ 399,4 bilhões.

No Piauí, o retrocesso foi de apenas 0,19% contra 0,96% em Pernambuco e 0,98% na Bahia. Na comparação com dezembro de 2015, a queda ocorre apenas no Piauí (­0,31%), Bahia (­2,48%), Alagoas (­0,81%) e Sergipe (­0,43%).

Em relação ao saldo regional, a participação piauiense é a segunda menor enquanto baianos e pernambucanos ocupam o primeiro e segundo lugares.

Leia
 
NORDESTE. CRÉDITO PERDE FÔLEGO NA BAHIA DURANTE 1º SEMESTRE DO ANO

Brasília (Agência Prodetec) ­ Os dados divulgados pelo Banco Central sobre as operações de crédito no primeiro semestre deste ano mostram recuo na Bahia. Em relação a dezembro de 2015 (R$ 112.437 milhões), o saldo caiu 2,48%, totalizando R$ 109.647 milhões, em junho. Foi o pior desempenho entre os estados nordestinos e quase duas vezes a média regional.

De fato, no mesmo intervalo, as operações de crédito do Nordeste registraram diminuição de 1,34%, fechando em R$ 399.381 milhões ante R$ 404.812 milhões, em dezembro.

Considerado o desempenho mensal, junho experimentou recuo de 1,14% contra de 0,37% no Nordeste e 0,5% no país como um todo, cujo saldo somou R$ 3.130 bilhões.

Leia
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 30

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.