Anuncie Aqui

MadeInNordeste

PETROBRAS PERDE ESPAÇO NA PAUTA DE EXPORTAÇÃO DO NORDESTE

Brasília, 15 Abr.2016 (Agência Prodetec) – A Bahia Celulose amplia sua participação no total da pauta de exportações do Nordeste, desbancando concorrentes como Petrobras, Brasken, Ford e as multinacionais do agronegócio e da mineração.

O grupo baiano fechou o exercício de 2015 com vendas no montante de US$ 1.535 milhões, o equivalente a 10,4% do total das exportações de todo o Nordeste. Em relação ao ano anterior, o incremento alcançou 21,5% enquanto a participação avançou 2,5 pontos percentuais.

Com expansão de 46% sobre o ano anterior, a Paranapanema chegou ao final de 2015 com exportações de US$ 869,7 milhões ou 5,9% do total regional. Em 2014, seus negócios somaram US$ 595,9 milhões e representavam 3,7% da pauta nordestina.

Leia
 
EXPORTAÇÃO 2016. VENDAS DO NORDESTE CONTINUAM EM QUEDA

Brasília, 15 abr 2016 (Agência Prodetec) - As exportações do Nordeste continuam ladeira abaixo. No primeiro trimestre deste ano decresceram 7,7% no comparativo com o mesmo período de 2015. A região exportou US$ 2.761 milhões ante US$ 2.995 milhões no primeiro trimestre de 2015, o que representou menos de 7% das vendas totais do país no período (US$ 40.573 milhões).

Quanto às importações, a região registrou grande queda em comparação com o primeiro trimestre de 2015 (49,12%), com compras no valor de US$ 3.627 milhões contra US$ 7.130 milhões no mesmo intervalo do ano passado. A baixa em âmbito nacional foi um pouco menor (33,3%) com importações da ordem de US$ 32,185 milhões ante US$ 48.324 milhões em 2015.

Leia
 
NORDESTE. SOBRAL DESBANCA FORTALEZA COMO PRINCIPAL POLO DE EXPORTAÇÃO DO CEARÁ

Fortaleza, 01 Março 2016 (Agência Prodetec) – Localizado a 250 km da capital, na zona Norte do Estado, o município de Sobral assumiu a liderança como o maior polo exportador do Ceará, desbancando a capital. As vendas sobralenses no mercado internacional totalizaram US$ 184,4 milhões no ano passado ante US$ 208,4 milhões, em 2014, queda de 11,5%.

No mesmo período, as exportações de Fortaleza decresceram de forma substancial, de US$ 548,6 milhões para US$ 178,8 milhões, uma queda de dois terços entre 2014 e 2015. Mas, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a corrente de comércio (exportação+importação) permanece amplamente favorável ao município de Fortaleza, totalizando US$ 792,9 milhões, ante US$ 216,8 milhões de Sobral.

Leia
 
EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO. NEGÓCIOS DO NORDESTE COM CHINA SUPERAM EUA, EM 2015

Brasília, 10 Mar 2016 (Agência Prodetec) – A corrente comercial do Nordeste com os Estados Unidos registrou uma queda da ordem de 44,4% no ano passado. Com isso, os norte-americanos foram superados pelos chineses como os maiores parceiros do comércio externo da região. No mesmo período, o movimento com a China cresceu 7%.

As exportações nordestinas para a China, em 2015, alcançaram US$ 3.475 milhões ante US$ 2.520 milhões no ano anterior, aumento de 37%. Por sua vez, as importações caíram de US$ 2.800 milhões, em 2014, para US$ 2.227 milhões no ano passado, redução de 20%. No total, a corrente de comércio do Nordeste com os chineses ficou em US$ 5.703 milhões ante US$ 5.330 milhões, em 2014.

Leia
 
BAHIA RETROAGE A 2001 E ENCERRA ANO COM DÉFICIT EM SUA BALANÇA COMERCIAL

Brasília, 10 Jan 2016 (Agência Prodetec) – O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) acaba de divulgar os dados relativos ao comércio e externo da Bahia, em 2015. As exportações totalizaram US$ 7.883 bilhões e as importações US$ 8,287 milhões, com saldo negativo da ordem de US$ 404 milhões, o maior já registrado na história recente baiana.

As vendas externas da Bahia decresceram 15,3% em relação a 2014, impulsionadas pela baixa dos preços das commodities no mercado internacional. No mesmo intervalo, as compras também sofreram queda (10,7%).

Os resultados refletem igualmente a crise enfrentada por países ricos e emergentes, fazendo com que mercados tradicionais como Estados Unidos, Alemanha e Argentina reduzissem suas compras na Bahia. Os três estão entre os principais parceiros comerciais do estado, ao lado de China e Holanda.

Leia
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 30

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.