Anuncie Aqui

NORDESTE: EXPORTAÇÃO DE OURO ALCANÇA US$ 295 MILHÕES EM 2012

Brasília, 30 Abr. 2013 (Agência Prodetec) - As exportações de ouro do Nordeste, este ano, já alcançaram US$ 63 milhões até o mês de março. No ano passado, as vendas regionais do produto totalizaram US$ 295,3 milhões, com queda de 7,5% sobre o ano anterior. Mesmo assim, manteve-se em 13º lugar no ranking da pauta regional. Foram negociados 5.495 kg, um pouco menos que em 2011 quando as exportações chegaram a US$ 319,4 milhões e 6.447 quilogramas.

Nos últimos dez anos, as vendas do produto apresentaram crescimento contínuo, galgando quase 30 posições na lista dos principais artigos exportados. Em 2003, o Nordeste vendia apenas US$ 33,4 milhões em ouro para o mercado internacional (2,8 mil quilos). Em 2011, foram US$ 320 milhões (6,4 mil quilos).

Levantamento realizado pela Agência Prodetec junto ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) mostra que entre 2003 e 2012, o ouro rendeu ao Nordeste divisas da ordem de US$ 1. 491 milhões (preços históricos).

Maior representatividade

Tanto em 2011 quanto em 2012, o ouro ocupava a 13ª posição da pauta regional à frente de produtos tradicionais como calçados, pneus, castanha de caju, cacau, melão, couros e peles, entre outros. Em 2003, era o 42º produto mais exportado.

Em 2010, as exportações regionais representaram 13% da quantidade exportada pelo país (46 toneladas). No primeiro trimestre de 2013, as vendas totalizaram US$ 687,6 milhões, um pouco abaixo do mesmo período do ano passado (US$ 715,3 milhões). Em 2012, o país exportou 43,6 toneladas de ouro equivalentes a US$ 2.341 milhões, ligeiramente superiores aos resultados obtidos em 2011 quando as divisas somaram US$ 2.239 milhões para 44,6 toneladas.

A Bahia é o maior produtor e exportador de ouro do Nordeste, seguido pelo Maranhão. O Rio Grande do Norte registrou vendas incipientes no trimestre (US$ 435 mil), havendo perspectivas quanto a uma participação mais relevante a partir do projeto Borborema, em execução por um grupo australiano.

Os principais mercados para o ouro brasileiro são o Reino Unido, Suíça e Estados Unidos, segundo dados de 2010.

nord exp our

Voltar

 

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.