Anuncie Aqui

NORDESTE. PRODUTOS SEMIMANUFATURADOS E BÁSICOS DOMINAM PAUTA DAS EXPORTAÇÕES

Brasília, 10 Maio 2015 (Agência Prodetec) - A apreciação do dólar frente ao real nos últimos meses provoca recuo da participação dos produtos manufaturados na pauta de exportação e crescimento dos produtos básicos. Hoje, parte expressiva do comércio exterior do Nordeste continua concentrada em bens de baixa e media intensidade tecnológica.

As vendas são embaladas, principalmente, pela demanda e variação dos preços das commodities metálicas e agrícolas no mercado internacional, representando praticamente mais de 90% no caso de estados como o Maranhão (grãos e minérios), Piauí (grãos) e Alagoas (açúcar).

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o perfil exportador do Nordeste, baseado em produtos básicos e semimanufaturados, contribui sobremaneira para a intensificação desse processo de primarização da pauta exportadora brasileira.

Na posição do final de abril último, os exportadores do Nordeste acumularam vendas de US$ 4,1 bilhões no ano, com participação majoritária de produtos básicos e semimanufaturados. Nesse particular, vale salientar que no universo dos dez grupos (capítulos) principais de produtos da pauta regional, durante o período janeiro-abril, a exceção foi o setor automobilístico com vendas de US$ 136,2 milhões.

Considerado o movimento do primeiro quadrimestre, os produtos manufaturados decresceram 26,5% em comparação com igual período de 2014, somando US$ 1.678 milhões (US$ 2.312 milhões no mesmo período do ano passado). As vendas de produtos básicos totalizaram US$ 847 milhões (aumento de 12%) e as de semimanufaturados US$ 1.498 milhões (queda de 6,3%).

Voltar

 

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.