Anuncie Aqui

Plantão

NORDESTE INDÚSTRIA: FÁBRICA DA FIAT EM PERNAMBUCO RECEBE R$ 2,8 BI DO FDNE E FNE

Recife, 30 de Mai.2013 (Agência Prodetec) – Salvo imprevistos de última hora, a montadora Fiat começa a receber agora em junho a primeira de seis parcelas dos recursos do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) para a sua fábrica em Goiana (PE).

O desembolso inicial será de R$ 639 milhões, a mesma soma da segunda parcela, a ser liberada em outubro próximo. As demais ocorrerão em fevereiro, junho e outubro de 2014 (R$ 191,5 milhões, cada) e fevereiro de 2015 (R$ 106,3 milhões).

A participação global do FDNE no empreendimento alcança R$ 1 bilhão e 959 milhões, duas vezes maior que o financiamento aprovado pelo FNE (R$ R$ 888,3 milhões), outro fundo voltado para o financiamento de projetos de longo prazo no Nordeste.

Leia
 
NORDESTE ENERGIA: SUDENE APROVA R$ 776 MILHÕES PARA USINAS EÓLICAS

Recife, 27 Mai. 2013 (Agência Prodetec) – A Sudene aprovou 14 projetos, este mês, para receber recursos do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste – FDNE, todos do setor eólico. O apoio financeiro soma R$ 800 milhões no total.

Os projetos foram aprovados após a emissão do 'relatório de análise de resultado', por parte do Banco do Nordeste, comprovando sua viabilidade econômico-financeira e capacidade de pagamento adequada. Os beneficiários deverão providenciar agora os subsídios necessários à celebração dos contratos.

De acordo com o Diretor de Gestão de Fundos e Incentivos e de Atração de Investimentos da Sudene, Henrique Tinoco, os empreendimentos atendem aos objetivos de promoção do desenvolvimento includente e sustentável do Nordeste e enquadram-se nas diretrizes, orientações gerais e prioridades espaciais e setoriais para a aplicação dos recursos do FDNE.

Leia
 
NORDESTE IMÓVEIS: ÍNDICE DE AUMENTO DO m2 EM RECIFE QUASE DOBRA EM MAIO

São Paulo, 30. Mai 2013 (Agência Prodetec) – De acordo com a última pesquisa divulgada, o índice FipeZap aumentou 1% em maio ante 1,1% no mês anterior. Recife acusou uma das maiores variações entre as cidades pesquisadas: de 1,5%, em abril, o índice chegou a 2,9% em maio. No acumulado do ano, o ajuste na capital pernambucana alcançou 3,8% contra 8,7% no período de 12 meses.

Das capitais nordestinas que integram o Índice FipeZap, Fortaleza observa a maior alta de preço em 12 meses (12,8%), atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Niterói. No período janeiro-maio a variação foi de 5,8%. Em termos mensais, o índice atingiu 0,5% ante -0,2% em abril.

Leia
 
A PARTICIPAÇÃO DO NORDESTE NO AGRONEGÓCIO NACIONAL

Fortaleza, 6 Out.2008 (Agência Prodetec) - A participação do Nordeste no agronegócio nacional caiu um pouco em 2008, em função do descompasso nas taxas de crescimento da agropecuária nacional e regional.

A relação entre o VBP do Nordeste e o VBP do Brasil estimada para junho/08 era um pouco menor que em 2007 - redução de 14,1% para 12,6%. A previsão era de um aumento do VBP do Brasil da ordem de 27,6% contra um avanço de somente 13,7% para o do Nordeste.

Leia
 
NORDESTE CONJUNTURA: REGIÃO TEM 12% DAS GRANDES INDÚSTRIAS DO PAÍS

Fortaleza, 13 Jul.2008 (Agência Prodetec) - Apenas 12,6% das grandes indústrias brasileiras, empresas com mais de mais de 249 empregados, estão localizadas no Nordeste. Um quarto delas fica no Sul, 52,2% no Sudeste, 6% no Centro-Oeste e o restante no Norte.

Segundo a pesquisa IBGE-PIA Empresa divulgada na última quarta-feira, em 2006, as companhias desse porte no Brasil totalizavam 3.448 e empregavam cerca da metade do pessoal do segmento industrial, com uma média de 980 funcionários por empresa.

Leia
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.