Anuncie Aqui

Plantão

NORDESTE AGRICULTURA. MAMONA AVANÇA 442% NA SAFRA DE 2014

Brasília (Agência Prodetec) - De acordo com o prognóstico de safra divulgado pela Conab esta semana, a produção de mamona do Nordeste em 2014 deve alcançar 74,8 mil toneladas. Em relação à safra anterior (13,8 mil toneladas) o crescimento crava 442%. A safra nacional deve situar-se em 76,3 mil toneladas, 383% acima da anterior (15,8 mil toneladas).
A área cultivada com mamona no Nordeste passou de 84,4 mil para 99,7 mil hectares entre as duas últimas safras, enquanto a produtividade subiu de 163 kg/ha para 751 kg/ha no mesmo período.
A produção de mamona no Nordeste continua muito concentrada na Bahia. A safra do estado deve atingir 67,2 mil toneladas com 484% de acréscimo sobre a de 2012/13. Segundo maior produtor regional, o Ceará registra crescimento de 189% passando de 1,8 mil toneladas para 5,2 mil toneladas.
Em Pernambuco, a estimativa de produção de mamona para este ano é de 1,9 mil toneladas, alta de 375% em relação a anterior. O outro produtor regional, o Piauí, prevê colheita de apenas 0,5 tonelada, aumento de 400% ante a registrada em 2013.

sit-mamona-dua

 
NORDESTE AGRICULTURA. SAFRA DE CAFÉ APONTA PARA ALTA DE 5,5%

Rio de Janeiro (Agência Prodetec) – De acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de maio divulgado hoje pelo IBGE, são boas as perspectivas para a safra de café do Nordeste este ano. No comparativo com a do ano passado o crescimento aguardado é de 5,5%, totalizando 173,2 mil toneladas ante 164,1 mil toneladas da safra 2012/2013.
A área ocupada com a cultura sofreu redução de 0,6% entre as duas safras. Passou de 170,6 mil hectares em 2012/13 para 169,6 mil hectares este ano. A queda no plantio foi compensada pela elevação de 6% nos níveis de produtividade, de 1.015 kg para 1.055 quilogramas por hectare.
A Bahia é o grande produtor de café do Nordeste com participação de 98% de toda a safra regional ou 169,3 mil toneladas, 4,2% a mais que a anterior (162,4 mil toneladas). A área situa-se em torno de 160,4 mil hectares este ano, praticamente a mesma do ano agrícola anterior (160,1 mil hectares).
Outros dois estados nordestinos apresentam uma pequena produção de café, destacando-se o Ceará com três mil toneladas, aumento de 334% sobre a safra 2012/13. Em Pernambuco, a produção gira em torno de 885 toneladas, queda de 10,3% na comparação com a do ano passado.
A safra nacional de café foi estimada em 2.327 mil toneladas, redução de 0,9% em relação à produção de 2012/13.

cafe-n-nord-area

 
NORDESTE AGRICULTURA. AUMENTO DE 17,2% PARA SAFRA DO ALGODÃO

Brasília (Agência Prodetec) – De acordo com o trabalho de acompanhamento de safra da Conab relativo a maio, a área plantada com algodão avançou 23,3% no Brasil, este ano, totalizando 1.102,8 mil hectares.

Leia
 
BNB REDUZ RECURSOS PARA APOIAR ESTUDOS E PESQUISAS NO NORDESTE

Fortaleza (Agência Prodetec) - Dezenas de projetos de estudos e pesquisas deixaram de ser financiados este ano, no Nordeste, em consequência da decisão do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) de reduzir em 26% o seu orçamento para a área. Distribuídos em três diferentes fundos, administrados pelo BNB-Etene, os recursos aprovados para o segmento, em 2013, totalizaram R$ 25,9 milhões contra R$ 35,2 milhões no ano anterior.

Desse montante, a maior parcela (R$ 18,2 milhões) foi direcionada para o Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNDECI), criado na década de setenta com o objetivo de financiar, a fundo perdido, projetos de caráter científico e tecnológico oriundos sobretudo dos centros de pesquisas e das universidades regionais. A queda em relação a 2012 foi de aproximadamente 10%.

Leia
 
OURO GANHA DESTAQUE NA PAUTA DE EXPORTAÇÃO DO MARANHÃO

Brasília, 29 Jun.2013 (Agência Prodetec) - As exportações de ouro em barra do Maranhão alcançaram, no período janeiro-abril de 2013, o quinto lugar na pauta exportadora do estado. As vendas somaram US$ 37,4 milhões, equivalentes a 3,94% do total exportado pelo Maranhão até maio (US$ 948,2 milhões).

Em relação aos cinco primeiros meses do ano passado, as exportações de ouro do Maranhão sofreram queda de 16%, em 2013. Por sua vez, a quantidade vendida decresceu de 821 quilos para 765 quilos entre os dois períodos.

Leia
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.