Anuncie Aqui

Plantão

PESQUISA INDICA AUMENTO DE ENDIVIDAMENTO EM TERESINA

Teresina (Agência Prodetec) – Acaba de sair a última sondagem do Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento e Banco do Nordeste sobre os níveis de endividamento do consumidor de Teresina. Em novembro, o índice apurado alcançou 76,8%, quase 3 p (ponntos percentuais) acima de outubro.

Leia
 
PESQUISA MOSTRA VULNERABILIDADE DOS SOLOS DO BAIXO PARNAÍBA

São Luis (Agência Prodetec) – Um estudo a cargo de pesquisadores a Universidade Estadual do Maranhão mapeou a região do Baixo Parnaíba maranhense para verificar a vulnerabilidade natural de seus solos ante a erosão. Conforme Willinielsen Jackieline Santos Lago, Elienê Pontes de Araújo e Mércia Gabriely Linhares Teles, todos do Núcleo Geoambiental da UEMA, quase metade da área pesquisada apresenta grau de vulnerabilidade entre "alta" e "muito alta".

O trabalho, feito a partir do levantamento de uma série de dados e variáveis sobre o meio físico e o meio ambiente, é de grande relevância para a tomada de decisões por parte de órgãos governamentais ou privados, em relação a processos relativos ao uso do solo e planejamento geoeconômico.

Leia
 
DEFASAGEM ENTRE MUNICIPIOS DO NORDESTE E SUDESTE É DE 10 ANOS

Os municípios do Nordeste vão demorar dez anos para alcançar os níveis de desenvolvimento alcançados pelos municípios das regiões ricas em termos de saúde, educação e emprego e renda. A conclusão consta de um estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro sobre essas três variáveis, em 2009, nos 5.564 municípios existentes no Brasil.

Desse total, segundo o documento, 63% ostentam índice de desenvolvimento entre moderado e alto e apenas 235 atingiram alto grau de desenvolvimento (superior a 0,8 pontos). Outra conclusão é de que, com base nos dados analisados, fornecidos pelas próprias prefeituras ao governo federal, somente em 2037 os municípios garantiriam às suas populações ensino fundamental, atendimento básico de saúde e maior inserção no mercado de trabalho formal.

Leia
 
NORDESTE CONTINUA COMO DESTINO PREFERIDO DO TURISTA BRASILEIRO

Pesquisa feita em setembro último pela Fundação Getúlio Vargas mostra que 48,3% dos brasileiros que planejavam visitar destinos nacionais elegeram a região Nordeste como a preferida. A atividade turística cresceu no mercado interno ao longo do primeiro semestre de 2011, mas enfrenta ainda muitos obstáculos para se consolidar.

No âmbito regional, o movimento de embarque e desembarque nos principais aeroportos aumentou 18,1% sobre o mesmo período do ano passado, totalizando 15.473 mil passageiros, dos quais 74,7% correspondem à movimentação dos terminais de Salvador, Recife, Fortaleza e Natal.

Leia
 
CONFIANÇA E INTENÇÃO DE COMPRA DO CONSUMIDOR EM ALAGOAS

Maceió - O índice de confiança do consumidor alagoano em outubro alcançou 141,3 pontos, 4,6 pontos abaixo do observado em agosto, conforme registra a pesquisa Instituto Fecomércio/Banco do Nordeste, feita no começo do mês. O índice que mede as expectativas futuras do consumidor também decresceu em outubro em relação ao mês anterior.

Segundo a pesquisa, a confiança é maior entre homens acima de 35 anos, com ensino superior e renda familiar superior a dez salários mínimos. Exceto pelo fator idade, que abrange a faixa entre 18 e 24 anos, esse modal se repete no caso das expectativas futuras.

Leia
 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Próximo > Fim >>

A agência Prodetec é uma ferramenta voltada para divulgar artigos, estudos e pesquisas
sobre assuntos relacionados com o Nordeste

Imagine Comunicação Digital

Todos os direitos reservados. Reprodução do material permitida mediante citação da fonte.